segunda-feira, 16 de abril de 2012

CANDIDATO ELEITO A GOVERNADOR PELA COLIGAÇÃO NOVO PARANÁ APOIOU RURALISTA ASSASSINO EM 2010.


Noticiado em várias mídias sobre o fazendeiro e ex-presidente da Sociedade Rural do Oeste do Paraná (SRO), Alessandro Meneghel, preso acusado de matar o agente federal Alexandre Drummond Barbosa, 37 anos, na madrugada de 14/04/12.

O que pouco se comenta é que o Ruralista também teria se lançado candidato a Deputado Estadual em 2010, pela Coligação Novo Paraná, pelo DEM, sob o número 25044.


Conforme Vídeo Postado no *YouTube, em sua descrição abaixo vemos:

Declaração do então candidato a governador Beto Richa (PSDB), em mensagem gravada no final de julho de 2010, e exibida no lançamento da candidatura do ruralista Alessandro Meneghel: "O Alessandro [Meneghel] está preparado para ser um grande representante da região Oeste na Assembleia Legislativa. A experiência do Alessandro foi construída sobre os alicerces da coragem, da ousadia e da coerência. Alessandro já enfrentou com muita energia aqueles que se colocam contra a paz no campo e contra os interesses da sociedade paranaense. Como amigo e aliado político, quero dizer que o Alessandro vai caminhar junto com a gente na campanha eleitoral deste ano. Boa sorte, Alessando, e vamos em frente"
(Confira o Vído Abaixo).



Conforme postado no Blog Rede de Controle Social em 30/05/2009:

Estão bastantes avançadas a conversas entre o DEM do deputado EDUARDO SCIARRA e o fazendeiro ALESSANDRO MENEGHEL. De acordo com o empresário Oli Sarolli em breve Meneghel assina a ficha de filiação. Sarolli disse que Meneghel é uma jóia que precisar ser polida. 


Em: http://rcscascavel.blogspot.com.br/2009/05/meneghel-no-democrata.html


Conforme publicado a Gazeta do Povo* em: 04/08/2010 às 16:37:

O candidato a deputado estadual Alessandro Meneguel, do DEM, foi o segundo a ter a candidatura barrada no Paraná com base na Lei da Ficha Limpa. Na sessão de terça-feira (3), por unanimidade, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) consideraram Meneguel inelegível. Ele ainda pode recorrer da decisão.

De acordo com o TRE-PR, a causa de inelegibilidade se deve a prática de crime contra a administração pública, que esbarra na Lei complementar 135/2010, chamada de Lei da Ficha Limpa. Meneguel é agricultor e tem 45 anos.

De acordo com o TRE-PR, a causa de inelegibilidade se deve a prática de crime contra a administração pública, que esbarra na Lei complementar 135/2010, chamada de Lei da Ficha Limpa.


*Em: http://www.gazetadopovo.com.br/votoconsciente/conteudo.phtml?tl=1&id=1032231&tit=Candidato-do-DEM-e-o-2-barrado-pela-ficha-limpa-no-PR


Poderá Ler Também:
CRABASTOS BRASIL: Ruralista é suspeito de matar agente da PF no Paraná

Arquivo do blog